A importância do toque

     O bebê humano tem necessidade de ser TOCADO. O toque humano é vital e a falta dele pode ser perigosa para a saúde física e mental da pessoa.


  Montagu (1988) afirma que a estimulação da pele é importante para a saúde do desenvolvimento físico e comportamental de todos os bebês mamíferos e alerta para os riscos que a falta da satisfação desta necessidade podem acarretar. Nos humanos, o toque é fundamental para desenvolver a capacidade afetiva, pois, “a pessoa aprende a amar não com instruções, mas sendo amada.” (MONTAGU 1988, p.52)

     Além disto, o bebê precisa ser pego no colo, embalado, precisa do contato próximo e cuidadoso. Winnicott (1999) afirma que "há um tipo de necessidade muito sutil, que só o contato humano pode satisfazer." (p.75)

Desenho de Flamarion Trevisan
    Montagu (1988) e Winnicott (1999) ressaltam a importância da amamentação neste processo. Isto, pois, na amamentação a criança recebe além do nutritivo leite da mãe, todo o afago e o calor que são vitais para o seu desenvolvimento.

    Enquanto mama na sua mãe, o bebê, satisfaz além da sua necessidade de ser tocado, também sua necessidade de sucção que lhe é instintiva. O bebê tem necessidade de sucção e esta necessidade não é suprida com a mamadeira onde o leite vem fácil e ele nem precisa fazer esforço. 


Bibliografia: 
MONTAGU, Ashley. Tocar: O significado humano da pele. 4ª ed.  Maria Silvia Mourão Netto (trad.) São Paulo: Summus, 1988. 
WINNICOTT, D.W. Os bebês e suas mães. 2ª ed. Jefferson Luiz Camargo (trad.); São Paulo: Martins Fontes, 1999.

Nenhum comentário:

Postar um comentário