O Movimento do Gato

O movimento do gato trabalha todas as articulações vertebrais e pode aliviar e prevenir dores na coluna. É um dos movimentos mais conhecidos do hatha yoga.
Estimula suavemente o sistema nervoso e lubrifica as articulações da coluna.
Esta sequência deve acontecer junto com a respiração, em sincronia respiração profunda e movimento.
A respiração profunda desenvolve calma e serenidade mental.
Pode ser feito em todas as fases da gestação de forma segura e sem riscos para a gestante ou bebê. 
Imagine como deve ser o movimento para o bebê, um embalo suave e tranquilo pela respiração profunda. Enquanto executa fique em contato com o corpo, a respiração e o bebê.
Pode ser feito durante o trabalho de parto pois está a favor da fisiologia do parto. A movimentação da pelves facilita o encaixe do bebê na pelves e pode proporcionar alívio das tensões da coluna.

Contra indicações: dores nos joelhos, nos punhos ou ao longo da coluna enquanto executa.

Em quatro apoios no solo, quando estiver soltando o ar, o meio das costas se eleva enquanto durar a exalação.
Ana Craidy embalando o Henrique
 Enquanto for inspirar a coluna faz uma extensão, um arco, descendo a barriga e expandindo junto com a entrada de ar enquanto durar a inspiração.
 Quando soltar o ar, o queixo vem de encontro ao peito e a pelves gira para dentro, aproximando o osso púbico do umbigo.
 Quando for inspirar a cabeça gira para cima, tentando olhar no céu, e a pélvis gira para frente, arqueando as costas.
 Quando soltar o ar, experimente fazer uma contração do assoalho pélvico junto, contraindo toda a musculatura do períneo para dentro e para cima.
 Quando inspirar sinta o períneo bem relaxado, girando a pelves para frente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário