A presença do pai

     Que a gestação e o nascimento pertencem ao universo feminino todos sabemos. Mas, como é rica a presença do pai neste processo!
      Hoje em dia, cada vez mais homens estão querendo participar, ajudar e compartilhar com suas companheiras este período tão especial. Vivemos um momento de mudança neste sentido, pois talvez nunca os homens haviam participado desta forma tao presente neste cenário!
    Tenho notado que quanto mais os homens se permitem entrar neste universo, mais felizes e integrados todos da família se sentem. Para o bebê um modelo de um pai que é presente, ativo e cuidador. Para o pai uma sensação de unidade, atenção e cuidado com seu bebê e sua família. Para a mãe, mais amparo, cuidado e amor.
A entrada do pai vem para acrescentar muito quando o pai vem para acrescentar. A mulher continua sendo o personagem principal, como mãe, mamífera e poderosa. Não é qualquer homem que pode reconhecer esta força sem querer competir com ela. É preciso que seja um guerreiro, que tenha humildade, sabedoria e força, que conheça bem o seu lugar de Homem, de Pai.
Quando há a presença de pais nas rodas de conversas eles participam muito. Dão opiniões, falam de assuntos importantes e se sentem felizes de estarem ali tão ativos e tão incluídos. Já aconteceu, recentemente, de um pai participar sozinho do encontro, pois sua grávida estava viajando! Ele disse que iria passar todos os temas que debatemos para sua mulher! 
Gostaria de agradecer e dar meus Parabéns a todos os pais que realmente participam da vida de suas mulheres e bebês como homens, valorizando seu papel, sua importância neste contexto sem rivalizar ou desvalorizar o papel feminino. Com certeza vocês são responsáveis por uma geração de pessoas onde o feminino e o masculino são igualmente importantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário